PUB

Sociedade

Assassinato da mãe de Cátia: PJ confirma morte de presumível autor do crime

José Lopes Cabral, conhecido por “Zezito Denti D´oro”, um dos presumíveis autores dos disparos que provocaram a morte da mãe da inspetora da PJ, Cátia Tavares, foi abatido por elementos da polícia científica cabo-verdiana.
Esta segunda-feira, 13 de Outubro, por volta das 23:00 horas, na zona da cidadela, uma equipa de elementos da Polícia Judiciária abordou a viatura em que se fazia transportar José Lopes Cabral, conhecido por “Zezito Denti Doru”, suspeito de estar envolvido na preparação de homicídios a funcionários da Polícia Judiciária e do Ministério Público, relacionados com a morte da mãe da Coordenadora de Investigação Criminal da Polícia Judiciária.
José Lopes Cabral, conhecido por “Zezito Denti Doru”, segundo o seu cadastro policial e criminal, está indiciado como autor de crimes de posse de arma de fogo, vários roubos com recurso à violência, falsificação de cartas de condução e homicídio, tendo ainda estado preso durante 8 anos em Portugal, por Tráfico de Estupefacientes.
O condutor da viatura não ofereceu qualquer resistência, ao contrário de Zezito, que optou por resistir às ordens que lhe foram transmitidas, recorrendo à arma que tinha em sua posse, de calibre 9 mm, o que desencadeou um tiroteio, no qual foi ferido um inspector da PJ, resultando ainda a morte do presumível assassino.
Lamentando a sempre trágica perda de uma vida humana, a PJ assegura à sociedade cabo-verdiana que continuará as investigações até que todos quantos estiveram e estão envolvidos no homicídio do passado dia 17 de Setembro e outros, eventualmente em preparação, sejam criminalmente responsabilizados.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top