PUB

Cultura

Germano Almeida: “em Cabo Verde ninguém consegue ganhar dinheiro vendendo livros”

O escritor e advogado, Germano Almeida, fez o lançamento do mais recente livro “De Monte Cara vê-se o mundo” no final da tarde desta quarta-feira,29,  no Cine/Praia, no Praia Shopping, seguido de uma sessão de autógrafos na papelaria e.neves.
Na sua intervenção, este contista disse que “em Cabo Verde ninguém consegue ganhar dinheiro vendendo livros”. Germano Almeida afirmou isso depois de lembrar o episódio que passou no aeroporto devido ao excesso de peso onde teve de pagar cerca de oito mil escudos de excesso de bagagem.
A apresentação do livro esteve a cargo do jornalista e escritor José Vicente Lopes e o antropólogo, professor e também do escritor Manuel Brito Semedo.
José Vicente Lopes disse, entre elogios e algumas alfinetadas amigáveis, que Germano Almeida veio quebrar algum vício de muitos escritores cabo-verdiano que “escreviam um poema ou um conto e já se consideravam literato. Germano Almeida veio acabar com isso e criticou muitos deles”.
Já Brito-Semedo, com o espírito leve e brincalhão que todos já conhecem, disse que o livro em si não seria próprio para menores de idade devido a muitas passagens, lendo boa parte delas ao público que deliciava a cada palavra acrescentando que o lançamento de um livro de Germano Almeida na cidade da Praia “é um acontecimento”.
Falando do livro, Brito-Semedo avançou que o título “De Monte Cara vê-se o mundo” é uma grande ironia. Para depois afirmar que a sua linguagem “oscila entre a ironia e sarcasmo, com uma malícia à mistura”.
Entretanto classifica esse novo trabalho de Germano Almeida como um complemento do último livro “Mar de Laginha” uma vez que tem personagens do outro livro.
A sala do cinema esteve cheia para o lançamento do livro na cidade da Praia e Germano Almeida confessou-se comovido” primeiro por ter uma assistência tão grande. Honra-me imensamente; segundo por receber palavras tão elogiosas de José Vicente Lopes e agora de Brito-Semedo do mesmo modo que fez em São Vicente, volto a encantar-me”. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top