PUB

Política

BCV: Governo recua na nomeação de Humberto Brito

O Governo deverá recuar com o processo de nomeação de Humberto Brito para o cargo de Governador do Banco de Cabo Verde (BCV). Esta hipótese foi admitida, esta segunda-feira, pela ministra das Finanças.
Diante das dificuldades constatadas, Cristina Duarte aventou a possibilidade de se avançar com outro nome para o banco central em detrimento do ex-ministro Turismo, Indústria e Energia.
Conforme fez saber, face à polemica instalada em torno da indigitação de Humberto Brito, tendo em conta o seu perfil académico e da questão de incompatibilidade, o Governo não terá tido outra solução que não fosse “dar o dito, por não dito” e tentar arranjar uma solução “imune” a contestações.
Cristina Duarte admite que a solução é nomear outra personalidade para o cargo. “Este é o cenário que está sobre a mesa”, frisou a ministra afirmando que é preciso, agora, “evitar mais polémica em torno desta nomeação”.
“Houve um posicionamento político, por isso é que o Governo avançou com a proposta. Mas houve vários posicionamentos técnicos”, explicou.
“Na nossa prática de governar com humildade, e isto já é reconhecido pela sociedade cabo-verdiana, perante estes posicionamentos técnicos, o governo resolveu colocar a questão em stand bye”, afirmou.
Dos vários posicionamentos, a ministra diz que há uma que foi “muito forte”, a situação de “incompatibilidade” entre as funções em jogo e o perfil de Humberto Brito.
A ministra Cristina Duarte garante que, diante de tal situação, o nome do sucessor de Carlos Burgo à frente do Banco de Cabo Verde será conhecido ainda este mês.
 
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top