PUB

Sociedade

Pedro Moreira, parte a voz rouca da Rádio

Pedro Moreira, a voz rouca das manhãs da Rádio, faleceu no último sábado, aos 72 anos, vítima de um ataque cardíaco fulminante. O corpo será levado a enterrar na próxima sexta-feira, 21, na cidade do Mindelo, onde viveu os últimos anos depois de uma passagem pela emigração.
Comunicador por excelência e homem cordato, Pedro Morreira fica na memória dos cabo-verdianos como a voz rouca que nas antenas da Rádio de Cabo Verde fez as delícias das manhãs com o seu “Café das 9”. Passou depois para a emissora cristã, Rádio Nova, onde deu alma ao programa “Cores da Música”, com a sua forma inconfundível de se ligar à audiência.
Natural de Ribeira Bote, São Vicente, Pedro Moreira nasceu a 6 de Novembro de 1942, portanto completou 72 anos de idade há poucos dias.
Em nota, o Governo de Cabo Verde já manifestou “tristeza e profunda consternação” pelo falecimento “do comunicador Pedro Nuno Moreira, voz inconfundível das antenas da radio”.
“A morte deste destacado profissional de rádio, um comunicador que tão bem soube envolver e encantar os ouvintes nas manhãs da rádio, constitui uma irreparável perda para a Comunicação Social, para São Vicente e para todo o Povo de Cabo Verde. Nesta hora de pesar, o Governo de Cabo Verde endereça à família enlutada, aos profissionais da Comunicação e à Rádio Nova as suas mais sentidas condolências”, lê nota do Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top