PUB

Cultura

“Voz de Ouro”: 10% das receitas para desalojados do Fogo

O espectáculo “Voz de Ouro” que aconteceu na noite de sábado, na Assembleia Nacional, conseguiu arrecadar 150 contos de receita, que deverão ser canalizados para as Tendas El Shadai, que decidiu, por sua vez, doar 10 por cento (%) das mesmas para os deslocados de Chã das Caldeiras.
Segundo Honório Fragata, presidente das Tendas El Shadai, instituição beneficiária desse evento, 10 % dessa receita reverter-se-á a favor das crianças desalojadas na ilha do Fogo. Fragata que dirigi uma instituição que tem passado por algumas privações acabou por mostrar com este gesto, que Cabo Verde deverá manter-se unido para salvaguardar o bem-estar de todos que foram apanhados no desastre natural.
O espectáculo “Voz de Ouro” teve por objectivo marcar os 10 anos de passamento do cantor Ildo Lobo, falecido a 20 de Outubro de 2004.
Para o espectáculo juntou-se a voz de familiares como os irmãos do malogrado, Djila e Mirri Lobo, amigos que dividiu o palco com Ildo Lobo, Albertino e Rui, e ainda a nova geração como Kátia Borges, Cremilda Medina, Elida Almeida e Neuza Pina, que têm o músico salense como fonte de inspiração.
O show começou depois das 21horas e prolongou-se por mais de duas horas e meia. O público aplaudiu, entusiasticamente, muitas das apresentações e no final cantou e dançou ao som de “Djonsinho Cabral”.
Na noite de espectáculo em homenagem a Ildo Lobo foram ouvidas mais de 20 interpretações, com destaque para “Tunuca”, “Cusas di corason”, “Biografia de um criol”, entre outros.
Os convidados mostraram-se muito satisfeitos por tomarem parte da iniciativa. “Cada um de nós que subiu nesse palco tem um grande apreço por Ildo Lobo”, afirmou Elida Almeida. “É uma honra e um privilégio estar aqui hoje a recordar a melhor voz de Cabo Verde”, completou, mais tarde, Mirri Lobo.
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top