PUB

Cultura

Academia cabo-verdiana de Letras empossa académicos em São Vicente

A Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) empossa, nesta terça-feira (9), alguns académicos da ilha de São Vicente. Uma cerimónia enquadrada nas festividades do primeiro aniversário desta instituição, comemorada no passado mês de Novembro.
Depois da cidade da Praia no mês de Novembro, agora vai ser a vez de Mindelo receber as cerimónias de comemoração do primeiro aniversário da ACL. Entre outros assuntos em agenda pretende-se referenciar alguns “imortais” como Baltazar Lopes e Aurélio Gonçalves.
“Far-se-á, também, uma sumula das actividades da academia durante este primeiro, nomeadamente em Angola, Brasil e também Portugal”, como explica o presidente da Académica Cabo-verdiana de Letras, Corsino Fortes que adianta ainda que a ACL mantém contactos com a homóloga que está sendo criada em Luanda.
Durante a sessão, que tem lugar no Centro Cultural do Mindelo a partir das 18 horas, haverá ainda o empossamento de faixas simbólicas a académicos de São Vicente, nomeadamente João Branco, Carlos Araújo, Vasco Martins. Outros desses académicos sanvicentinos é Samuel Gonçalves que não poderá estar presente na cerimónia por estar em Angola, na apresentação do seu romance.
O acto conta ainda com presença de académicos empossados na cidade da Praia com Kaká Barbosa e Daniel Medina. Conforme informações de Corsino Fortes toda a cerimónia vai ser acompanhada por momentos musicais, com a música cabo-verdiana, considerada parceira da ACL.
LN
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top