PUB

Política

Cristina Fontes Lima coloca lugar à disposição

Cristina Fontes Lima, segunda figura do Governo de Cabo Verde e vice-presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, poder) acaba de colocar o cargo de ministra-adjunta e da Saúde à disposição do primeiro-ministro, José Maria Neves.
Cristina Fontes Lima candidata derrotada nas directas do PAICV, realizadas no domingo, com apenas 8 por cento dos votos expressos considera que deve agir de forma consequente, facilitando as acções do chefe do Executivo, tendo em conta os resultados eleitorais no partido.
“Depois de ter falado ontem (terça-feira) com o primeiro-ministro, hoje (quarta-feira) fixz chegar à chefia do Governo uma missiva, por que, como eu disse na sequência das eleições e dos resultados das eleições, entendo que o PAICV é uma coisa e o Governo é outra, mas acho que devo facilitar as condições para termos, de facto, uma sequência normal”, explicou a governante.
Cristina Fontes Lima, que felicita a presidente eleita, considera que Janira Hopffer Almada deve ter todas as condições para funcionar como tal, e “nós como membros do partido, como prometemos na campanha, devemos todos garantir-lhe essas condições para prepararmos bem o Congresso e prepararmos o partido para a vitória em 2016″».
Cristina Fontes Lima, vice-presidente do PAICV, que está no Governo desde 2001, obteve apenas 8,45 por cento dos votos nas eleições diretas para a liderança do PAICV.
Janira Hopffer Almada, de 36 anos, venceu essas eleições, com 51,24 por cento dos votos expressos deixando também para trás outro vice-presidente do partido e líder do grupo Parlamentar do PAICV, Felisberto Vieira, com 40,31 por cento dos votos, nas directas de domingo.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top