PUB

Política

Nomeação de D. Arlindo Furtado: Ulisses Correia e Silva mostra-se satisfeito

O presidente do Movimento para Democracia, mostra-se satisfeito com a nomeação de Dom Arlindo Furtado para Cardeal. Para Ulisses Correia e Silva, a decisão do Papa Francisco veio confirmar   o trabalho “abnegado e competente” do Bispo de Santiago, de há várias décadas, a favor da afirmação da igreja em Cabo Verde.
Através de uma nota de imprensa, o líder do MpD expressa a sua satisfação e júbilo e diz ser essa nomeação, o confirmar “sobretudo da relação de proximidade e compaixão que sempre manteve com as comunidades por onde passou, deixando marcas de um homem e pastor de grande dimensão humana, colocando sempre em primeiro lugar os problemas e aspirações dos fiéis e da comunidade, com humildade, discrição e espírito de entrega, características comunitariamente reconhecidas pela comunidade nacional e internacional”.
Para o líder ventoínha, a escolha representa igualmente, o reconhecimento do papel da Igreja Católica cabo-verdiana na história da Igreja em África e na difusão dos valores cristãos e humanos num Continente, ainda assolado pela pobreza e pelas desigualdades sociais e regionais e pela intolerância, factor inibidor do necessário diálogo civilizacional, um dos grandes desafios do actual Pontificado.
Em jeito de conclusão, Ulisses Correia e Silva acredita que essa escolha será mais um estímulo para essa instituição religiosa continuar o seu trabalho “contribuindo para a paz social e para o reforço da identidade nacional, intrinsecamente ligada à história da própria instituição cristã no arquipélago”.
 
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top