PUB

Mundo

Tiroteio em revista satírica fez 12 mortos e 9 feridos em Paris

Um tiroteio na revista satírica «Charlie Hebdo», de tiragem semanal, e que ficou mundialmente conhecida por publicar caricaturas de Maomé, em 2012, fez 12 mortos, 9 feridos, quatro deles em absoluto risco de vida, avança a AFP. O ataque ocorreu, em Paris, por volta das 10.30 horas locais, 12.30 em Cabo Verde.
Duas das vítimas mortais são polícias e os restantes são todos jornalistas.
Três homens entraram na redação, encapuçados, armados de metralhadoras Kalashnikov e até com um lança-rockets e começaram a disparar indiscriminadamente. Fugiram numa viatura preta e foram perseguidos por cinco carros da polícia.
Neste momento, a cidade de Paris está sob alerta máximo (terrorista), muitas ruas da capital francesa estão fechadas, sendo claro que decorre uma `caça ao homem`, por parte das autoridades.
O presidente francês, François Hollande, convocou uma reunião de emergência para o início da tarde e às 19 horas (21.00 em Cabo Verde) fará a sua segunda comunicação ao país.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top