PUB

São Vicente

Naufrágio “Vicente”: Família do contra-mestre desesperada

A família do contra-mestre do navio Vicente, que se afundou na noite desta quinta-feira perto do Porto Vale do Cavaleiros – Fogo, encontra-se desesperada por falta de notícias.
A mulher,  enfermeira Quinha, funcionária do Hospital Baptista de Sousa e outros familiares, residentes na zona de Fonte Francês estão desesperados com a falta de notícia sobre o estado do contra-mestre do navio Vicente, que afundou-se ontem e que fazia a ligação Praia/São Filipe.
Entretanto, a aflição dessa família não termina por aqui já que a bordo da embarcação estava mais outro parente, um jovem conhecido por Ari, filho da referida enfermeira. Ari não era tripulante do navio, mas trabalha como agente na Agência Tuninha, proprietária do Vicente.
Ainda em São Vicente, outra família encontrava-se em desespero desde ontem, mas acabou por respirar de alívio esta manhã. Isto porque o parente, Manuel Augusto Fortes, foi um dos resgatados num dos ilhéus, situados entre Fogo e Brava.
Manuel Augusto Fortes, conforme informações do irmão e deputado da UCID, João Santos Luís, trabalhava desde mês de Novembro, como motorista da embarcação.
João Luís assegura que Manuel Fortes está neste momento bem de saúde, só bastante cansado. O deputado acrescenta que também pretende viajar o mais rápido possível para a ilha do Fogo para apoiar o irmão.
De acordo comas últimas notícias até agora já foram resgatadas 10 pessoas, das 26 que encontravam-se a bordo, nove com vidas e um morto.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top