PUB

Política

Caso de passaportes de serviço na AN: Líder do Grupo Parlamentar acusa autoridades de negligência

O líder do Grupo Parlamentar do MpD, Fernando Elísio Freire, acusa as autoridades judiciais e a própria Assembleia Nacional de negligência no alegado caso de falsificação de documentos e tráfico de passaportes de serviços, envolvendo dois funcionários da Casa Parlamentar.
“O facto de até ao momento a justiça não ter conseguido clarificar bem a situação demonstra que houve negligência, no sentido que se devia fazer rapidamente todas as investigações possíveis para que todas as medidas cautelares pudessem ser tomadas”, afirmou Fernando Elísio Freire, que considera que o que está em causa “é a dignidade da Assembleia Nacional e do Estado de Cabo Verde”.
Uma das secretárias do presidente da Assembleia Nacional alegadamente envolvida no caso de falsificação de documentos e tráfico de passaportes de serviço deixou o país, com destino aos Estados Unidos da América, facto que, no entender do líder Parlamentar do MpD, é inaceitável.
“Este clima de impunidade não pode continuar em Cabo Verde”, referiu ainda Elísio Freire, porque “as instituições da República devem ser um exemplo de rigor, de transparência e acima de tudo lugares onde os seus colaboradores sejam pessoas com altos índices de honestidade”.
Para além dos inquéritos que devem ser feitos na Assembleia Nacional para o esclarecimento desse facto, Fernando Elísio Freire defende que se deve fazer uma auditoria ao sistema de emissão de Passaportes em Cabo Verde, porque é o “bom nome do país que está em causa”.
“Não podemos permitir que se faça falsificações e os suspeitos não sejam punidos ou devidamente entregues à justiça, é esta negligência que deixa o Parlamento fragilizado. Mais, envolve também instituições externas, neste caso a Assembleia da República portuguesa, com quem a Assembleia Nacional tem excelentes relações. Tudo isso nos devia alertar para reforçarmos ainda mais a capacidade de investigação e a agilidade da justiça”, realçou.
 
 
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top