PUB

Mundo

Muçulmano foi herói no sequestro de Paris

Lassana Bathily, empregado de supermercado, está a ganhar estatuto de herói nacional em França, depois do sequestro ocorrido ao kosher em Paris, que levou à morte de quatro pessoas.
Bathily, que trabalhava no supermercado onde Amedy Coulibaly levou a cabo o sequestro, estava a trabalhar na sexta-feira e quando se apercebeu que havia um homem armado com reféns no andar de cima do estabelecimento, abriu a porta da câmara frigorífica a pelo menos cinco pessoas, entre elas uma criança, que tentavam fugir.
«Quando eles desceram a correr, abri a porta do congelador. Várias pessoas entraram comigo. Apaguei a luz e desliguei o congelador. Quando eles estavam dentro da câmara, fechei a porta e disse-lhes:`fiquem calmos aqui, eu vou sair´», contou o sobrevivente, citado pelo Nouvel Observateur.
Apesar disso, o sequestrador, mais tarde abatido pelas autoridades francesas, deu pela presença das pessoas na câmara frigorífica e juntou-as ao resto do grupo.
O ato está a dar que falar e os que sobreviveram não esquecem a coragem. «No final, agradeceram-me», disse o muçulmano Lassana.
Fonte: A Bola

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top