PUB

Política

TACV retoma ligações Praia/Bissau

A TACV Cabo Verde Airlines vai retomar as ligações entre Praia e Bissau, que estavam suspensas devido ao “esfriar” de relações entre os dois países, na sequência do golpe de estado, de Abril de 2012 na Guiné-Bissau.
Esta decisão foi tomada esta terça-feira, na cidade da Praia, num encontro de trabalho entre o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves e o seu homólogo da Guiné Bissau, Domingos Simões Pereira, que está de visita ao arquipélago.
José Maria Neves considerou de “histórica” a reunião entre as delegações dos dois países, porque marcam a “retoma” das relações bilaterais entre os dois Estados e assinala a vontade mútua no reforço das relações comerciais entre Cabo Verde e Guiné-Bissau.
Mesmo antes da chegada de Domingos Simões Pereira à cidade da Praia, José Maria Neves já afirmara a “forte componente empresarial” dessa visita, dando seguimento a um processo que começou com a visita de José Maria Neves à Guiné-Bissau em 2011 em que se fizera acompanhar de uma importante delegação empresarial, mas que infelizmente “esfriou” nos últimos dois anos.
É com essa intenção que faz parte da delegação guineense um representante da Câmara do Comércio local, e é nessa sequência que estão marcados encontros com empresários das Ilhas na Praia, esta tarde, e em São Vicente e na Boa Vista, amanhã.
E para que hajam trocas comerciais há que reforçar, obviamente, as ligações aéreas e marítimas entre os dois países, daí que José Maria Neves tenha afirmado em conferência, após os encontros de trabalho, que “os TACV preparam-se para retomar os voos de ligação” entre as capitais dos dois países, ligações essas que haviam sido interrompidas no período político mais conturbado que se viveu recentemente naquele país vizinho e irmão.
Segundo Neves “estão a ser preparadas as condições e logo que elas estiverem preparadas os voos retomar-se-ão. Mas eu gostaria que fossem retomados os voos o mais rapidamente quanto possível”.
Outra prioridade ao nível dos Governos tem a ver com o reforço das ligações e, consequentemente, as trocas comerciais entre os dois países. “Temos de trabalhar fortemente para ver que condições podemos criar internamente para ligações marítimas Praia/Bissau”, salienta o Chefe do Governo das Ilhas.
Por seu lado, Domingos Simões Pereira sublinha esta vontade de poder contar com o apoio de Cabo Verde neste “novo percurso” da Guiné-Bissau, rumo á estabilidade e o desenvolvimento, e “que pode ser feito em conjunto, juntando as nossas sinergias, sendo capazes de explorar as várias oportunidades que se oferecem”.
Ainda no que concerne ao reforço das relações comerciais, ambos os responsáveis abordaram o interesse de empresários de um e outro país em constituir “joint ventures” em domínios diversos como o agronegócio, as energias renováveis, o turismo, e outros, bem como áreas de cooperação institucional como sejam a educação, a reforma da administração publica, serviço social, a formação profissional, entre outras.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top