PUB

Política

MpD denuncia um “conjunto de instabilidade” em várias instituições do País

O líder do Grupo Parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD, oposição) denunciou esta quarta-feira a existência de um “conjunto de instabilidade” em “várias instituições do País”, abarcando as áreas da Justiça, Educação, Alfândegas e Transportes.
Fernando Elísio Freire responsabiliza o executivo de José Maria Neves como o responsável, alegando que o Governo não cumpre o que assina e que a Concertação Social perdeu credibilidade por causa deste governo que, atesta, firma acordos e não os cumpre.
Recordou as promessas “do primeiro-ministro e de vários ministros” deste país, como o “13º mês, o barco que dava volta ao país em 24 horas, do helicóptero de entre um conjunto de outras promessas” em que, assegura Fernando Elísio, nunca foram cumpridas.
Considera que neste momento o país passa por uma situação de instabilidade o que, a seu ver, demonstra que este Governo “está esgotado”, sem palavra e que precisa, “claramente de ser mudado para que a Concertação Social seja respeitada e que a palavra dada seja considerada”.
É que para o líder parlamentar do maior partido da oposição, muito da descritibilidade dos políticos e da política depende da palavra e da assinatura não cumprida, quando, assevera, o “Governo de Cabo Verde é campeão no incumprimento das palavras e em não dar segurança e garantia de que vão cumpri-las”.
Fernando Elísio ressalva que enquanto partido das liberdades, o MpD defende que a liberdade sindical não deve ser beliscada por causa de um Governo que vem aproveitando de leis para, administrativamente, tirar direito aos sindicados e aos próprios empregadores.
Esta denúncia foi tornada pública após um encontro com a Confederação Cabo-verdiana de Sindicatos Livres, CCSL, no qual manifestou ao Grupo Parlamentar do MpD ser contra a proposta do Governo que pretende limitar o exercício do Direito de Greve, opinião corroborada por este partido da oposição.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top