PUB

Mundo

Embaixadores da OPEP vão promover subida dos preços internacionais do petróleo

A Venezuela acredita que o preço justo do barril de crude é 100 dólares, por isso, em Caracas, impulsionou a criação de um grupo de representantes permanentes dos países exportadores de petróleo.
Embaixadores e adidos comerciais dos países membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) formalizaram, em Caracas, a criação de um grupo de representantes permanentes daquele organismo, com o objetivo de promover a subida dos preços do crude.
“A criação do Grupo de Embaixadores da OPEP na Venezuela faz parte dos esforços iniciados em conjunto pelo Governo Bolivariano (da Venezuela) e outros países interessados em promover o consenso internacional que permita estabilizar os preços do petróleo e mantê-los a um nível justo”, explica um comunicado do Ministério venezuelano de Relações Exteriores.
Segundo o comunicado divulgado na sexta-feira, “desde a sua criação a OPEP tem promovido o fortalecimento do mercado internacional dos hidrocarbonetos, permitindo aos países produtores de petróleo obter um retorno razoável dos seus investimentos e assegurando o abastecimento contínuo e estável de crude aos países consumidores”.
A Venezuela defende que o preço justo do petróleo é de 100 dólares o barril, mas viu cair, desde junho de 2014, mais de 50% do preço do crude venezuelano cuja cotação ronda os 40 dólares norte-americanos por cada barril.
O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, realizou, em janeiro último, um périplo internacional pelos países membros da OPEP à procura de apoio para lutar contra a descida dos preços internacionais do petróleo.
Segundo Nicolás Maduro “a cooperação dos países exportadores poderá voltar a trazer estabilidade aos preços do petróleo”.
Apesar de a Venezuela ter as maiores reservas de crude do mundo, enfrenta graves dificuldades financeiras devido à queda dos preços, já que o país depende fortemente das receitas do petróleo, que lhe garantem 96% das suas divisas.
Fonte: Observador

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top