PUB

Economia

Funcionários das Alfândegas de Cabo Verde anunciam greve geral para Março

Os funcionários das Alfândegas de Cabo Verde anunciaram para março a realização de uma greve geral, acusando o Governo de “falta de diálogo” sobre as reivindicações dos trabalhadores, noticiou hoje a imprensa cabo-verdiana.
A decisão saiu segunda-feira de um encontro com o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (Sindetap), em que os funcionários das alfândegas, na sua maioria sediados na Cidade da Praia, marcaram nova reunião para 27 deste mês, que antecederá a entrega do pré-aviso de greve.
Os funcionários criticam a “ausência total de diálogo” do Ministério das Finanças cabo-verdiano na consensualização dos estatutos de carreira dos trabalhadores da Direção Nacional de Técnicos de Receitas do Estado, na grelha salarial e na lista de transição do atual para o novo estatuto.
O presidente da Confederação Cabo-verdiana dos Sindicatos Livres (CCSL), José Manuel Vaz, organização sindical em que o Sindetap está filiado, indicou que os funcionários reclamam também a clarificação da atribuição de ajuda de custo, a retoma do quadro especial do pessoal aduaneiro, a reposição do espaço e o transporte do pessoal de Alfândega.
Trata-se da terceira paralisação marcada em menos de um mês em Cabo Verde, após a concretizada na semana passada pela Polícia Judiciária (PJ) e a prevista para 24 e 25 deste mês, convocada pelo Sindicado Nacional dos Professores (Sindep).
Fonte: Lusa
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top