PUB

Cultura

Carnaval da Praia: Um desfile de homenagens

A cidade da Praia cumpriu o seu último dia de desfile de carnaval na terça-feira, 17, com os cinco grupos oficiais, que concorrem a prémios de primeiro, segundo e terceiro lugares, na Avenida Cidade Lisboa.
Foi um dia de homenagens das mais variadas ordens e sectores. O primeiro a colocar o pé no “sambódromo” foi um dos grupos de animação que trouxe malabarismo e o hímen que cospe fogo.
A seguir, o grupo, Samba Jó, entrou no asfalto, vindo directamente do Palmarejo com o tema “Turismo de Cabo Verde”. As várias alas seguiram o seu curso normal, sambando e cantando, levando cor e alegria à avenida. Nesse grupo também houve espaço para a Tabanka de Achada Santo António, um dos marcos culturais da ilha de Santiago, com “que todos os turistas que visitam esta ilha deveriam conhecer”.
O grupo de animação, VerdeFam, também teve o seu espaço reservado neste carnaval, para apresentar um dos meios de prevenção, chamando a atenção para o uso de preservativo.
O Estrelas da Marinha, Terra Branca, fez-se à Avenida Cidade Lisboa por volta das 17:30 horas.
Como um dia em que se aproveitou para homenagear e agradecer as “boas” parcerias que Cabo Verde tem tido ao longo dos anos, o Vindos do Mar, de Achada Grande Frente chegou com “Encantos da China”. Um tema desenvolvido em parceria com a Associação Amigos da China e Cabo Verde (AMICACHI), “para demonstrar o apreço por aquele país”, apresentando no sambódromo o que a China tem de belo e culturalmente interessante. Não faltou os tradicionais leões e o dragão.
Já passavam 20 minutos das 18 horas quando o Inter Vila, do bairro da Vila Nova, chegou perto dos cerca de 30 júris que anotavam tudo e escreviam as qualificações individuais no papel. Mais uma vez o “Turismo” fez-se à estrada com 250 figurantes, 7 alas e dois carros alegóricos. Os aviadores e as aeromoças estiveram na linha da frente, logo de seguida o funaná, depois o mar com o seu poderoso “Poseydon”, o sol, muito procurado pelos turistas quando visitam as ilhas de Cabo Verde, os próprios turistas vestidos a rigor e prontos para irem à praia e por último a “nossa Morabeza”.
Já quase a fechar o grupo “Acarinhar” fez-se representar pelas crianças com paralisia infantil, voluntários, amigos e simpatizantes com o tema “Amor ka tem frontera”.
No final chegou o vencedor do carnaval 2014, Vindos d’África homenageando as mulheres cabo-verdianas.
Ao todo foram cerca de três horas de desfile, e milhares de pessoas subindo e descendo a Avenida Cidade Lisboa.
Não faltaram os habituais foliões “fora da série” como o emigrante e sua eterna maleta, os mandingas, e outros trajes inventados à pressa, para não deixar o dia passar em branco.
Os vencedores do carnaval 2015 serão anunciados na quinta-feira, 19. CG
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top