PUB

Cultura

Câmara da Praia diz que vai levar Estrelas da Marinha a tribunal

O vereador da cultura da Câmara Municipal da Praia (CMP), António Silva, afirmou na tarde deste sábado, 21, que o grupo Estrelas da Marinha terá de provar em tribunal as acusações que fez na comunicação social sobre a falta de transparência e favoritismo ao grupo Vindos d’África.
“Todos os que estiveram atentos viram que os que venceram estiveram muito bem no carnaval”, começou por dizer o vereador acrescentando que todos têm direito a reclamar, desde que não coloque em xeque o nome da autarquia e nem do corpo de jurados.
“Não aceitamos que grupos que perdem (o concurso de carnaval) estejam a chamar a Câmara Municipal da Praia e os júris de malandro. Vamos levá-los a tribunal para provarem o que disseram”, asseverou António Silva.
Ao todo foram 24 membros do júri que tiveram nas mãos o destino dos grupos oficiais que desfilaram na passada terça-feira, 17. “Ganhou o grupo que os 24 membros do júri acharam melhores, não a Câmara”.
A NAÇÃO falou com um dos elementos do Estrelas da Marinha que esteve presente para receber o prémio de segundo classificado e este, que ouviu o discurso do vereador da cultura, disse que não retira nada do que disse e que se a Câmara vai a tribunal o seu grupo também tem razões para ir.
“O regulamento não foi cumprido em muitos aspectos. Diz lá que os grupos devem entregar os projectos até 15 dias antes do carnaval, e, uma semana antes, alguns ainda não tinham entregue. O regulamento diz que não deviam ser admitidos. Outros, os resultados deveriam ser divulgados na terça-feira (17), e na quarta-feira os dados definitivos, de forma que se eles querem ir a tribunal, então seremos os primeiros a ir”, sublinhou António Dias. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top