PUB

Sociedade

Professores estão em greve de 48 horas

As aulas, nos diversos estabelecimentos de ensino cabo-verdianos, estão paralisadas desde as 7.30 horas, desta terça até às 18 horas de quarta-feira. O Sindicato de Professores e a Federação Cabo-verdiana de Professores confirmaram, esta segunda-feira, a realização de uma greve de 48 horas, como primeiro passo para fazerem valer as suas reivindicações.
Se esta paralisação não surtir o efeito desejado, as duas organizações sindicais já têm um plano B: o congelamento das notas; uma mega manifestação para 23 de abril, Dia do Professor; boicote às atividades comemorativas do quadragésimo aniversário da Independência; e mais uma greve por tempo indeterminado.
Requalificações, progressões, entrada no quadro profissionalizado e subsídio pela não redução da carga horária, são as reivindicações dos sindicatos dos professores que entretanto ameaçam congelar as notas dos alunos no fim do segundo trimestre deste ano letivo caso a greve nacional, de terça e quarta-feira não surta o efeito desejado.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top