PUB

Política

Comunidade Sant´Egídio reafirma importância da parceria com Cabo Verde

O Padre Ângelo Romano, Presidente da Fundação Sant´Egídio (FSE), ressalvou na tarde desta quarta-feira, após encontro com o primeiro-ministro, José Maria Neves, a excelência das relações de amizade “muito antiga” com Cabo Verde e, sobretudo, o importante papel do arquipélago na promoção do diálogo pela paz e o diálogo inter-religioso, que tem dado “um apoio muito importante” para o trabalho da instituição católica que representa.
Esta relação de “amizade, de respeito, de conhecimento mútuo, mas também de cooperação”, como referiu o Padre Romano, é um “exemplo absolutamente positivo”, pois que, “Cabo Verde está a dar um apoio muito importante para o trabalho da FSE. Este apoio foi importantíssimo para ajudar a Comunidade Santo Egídio a avançar em algumas situações concretas de diálogo para a paz”.
Apoio esse que deriva, como refere, da “rede e capacidade diplomática do Governo das Ilhas” que ajudou a Comunidade católica aqui referida “a enfrentar dificuldades” na resolução de conflitos e promoção do diálogo na nossa sub-região, “particularmente no caso do conflito em Casamansa”, opondo o Governo senegalês e o movimento independentista daquela região, estes últimos representados pelos grupos independentistas em que sobressai-se o Movimento das Forças Democráticas de Casamança (MFDC).
Recorda-se que a Santo Egídio é “o mediador oficial” do conflito que, apesar de considerado de “baixa intensidade”, é um dos mais antigos de África, com mais de 33 anos e que envolve dois movimentos separatistas ao Governo senegalês. Cabo Verde, diz, representa o apoio, em relação a este conflito, de um país que não tem agendas ou interesses por detrás, “mas o único interesse de ajudar a paz e isso foi muito bem compreendido por todas as partes”, considera o Padre Ângelo Romano.
O padre elogia a comunidade cabo-verdiana de Roma que está no epicentro desta história de cooperação e amizade com a Sant´Egídio, desde o início dos anos 80 já, lembrando do papel importante que a referida comunidade da Diáspora teve no desenvolvimento duma parceria com a Sant´Egídio para a angariação de fundos e donativos para os deslocados de Chã, recentemente.
O Padre foi recebido esta tarde pelo Primeiro-Ministro, José Maria Neves em audiência. De referir ainda o encontro entre o Primeiro-ministro, José Maria Neves e a direcção da Comunidade Sant´Egídio, recentemente, aquando da última visita de Neves a Roma em que ficou acertado a assinatura de um acordo quadro de cooperação para o estabelecimento de um quadro institucional que possa permitir um diálogo e uma cooperação “mais fecunda” entre a Comunidade Sant’Egídio e o Governo de Cabo Verde.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top