PUB

Saúde

“Ver com bons olhos”: Projecto quer operar 240 pessoas numa semana

O projecto “Ver com bons olhos” vai trazer a Cabo Verde duas equipas médicas (cirurgiões e oftalmólogos) para consultas e operações a cataratas. A iniciativa é da Cavibel, empresa de refrigerantes e cerveja, com o apoio do Ministério da Saúde, o Hospital Agostinho Neto (HAN) e o Hospital Regional de Santiago Norte.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) referem que a principal causa da cegueira, hoje em dia, é causada pela catarata e pelo sol. Com base nisso, a Cavibel, em parceria com o Ministério da Saúde de Cabo Verde e as instituições espanholas que trabalham no ramo da oftalmologia (Instituto Barraquer e Ruta de la Luz), vai trazer ao país uma equipa médica composta por cirurgiões e oftalmólogos para uma ronda de consultas e operações a cataratas.

Segundo a directora de    marketing da Cavibel, Hernídia Tavares, a ideia é que a referida equipa consiga operar 240 pacientes, numa semana, e ainda realizar 800 consultas em três ilhas (Santiago, Fogo e Brava), “sendo 200 em crianças”.

“Sabemos que o Hospital Agostinho Neto só consegue realizar cerca de 30 operações a cataratas. Por isso, desde o ano passado, iniciámos o projecto porque no país existem muitas pessoas com este problema”, adianta aquela fonte.

A equipa espanhola chega a Cabo Verde no próximo sábado, 14, e irá montar “acampamento” no HAN para as cirurgias, uma vez que muitos dos pacientes já estão identificados.

O projecto passa ainda por oferecer cerca de 700 óculos a crianças carenciadas, identificadas pela FICASE. “Um estudo mostrou que havia uma alta taxa de crianças com insucesso escolar por causa de problemas com a visão”, justifica Hernídia Tavares.

Esta iniciativa tem uma duração de três anos, como revela aquela responsável, e os beneficiários são alunos do Ensino Básico de todos os concelhos das ilhas de Santiago, Fogo e Brava. “A concentração será feita nas escolas centrais. Este ano, queremos avaliar o máximo de crianças possíveis. No ano passado, isso não aconteceu porque a iniciativa teve lugar no período de férias”.

Este é o segundo ano em que a Cavibel consegue que a mencionada equipa médica venha a Cabo Verde realizar operações e consultas de visão. “Este ano, alargamos esse projecto para outras ilhas e a ideia é continuar no próximo ano, principalmente com as crianças que precisam de óculos”, conclui a representante daquela empresa.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top