PUB

Mundo

Tanzânia: Mais de 200 bruxos detidos desde janeiro por matarem albinos

Mais de 200 bruxos foram detidos na Tanzânia, desde janeiro, no âmbito de uma operação para pôr fim às mutilações e assassinatos de albinos.
Segundo o porta-voz da polícia, Advera Bulimba, citado pela AFP, 225 curandeiros e supostos adivinhos foram presos em várias regiões do norte, esperando-se que a operação se estenda agora a todo o território.
«Alguns dos detidos estavam na posse de itens, tais como peles de lagarto ou leão, dentes de javali-africano, ovos de avestruz, rabos de macaco ou de burro e patas de aves», acrescentou.
Os albinos são alvo de várias mutilações e assassinatos na Tanzânia, uma vez que muitas pessoas acreditam que têm poderes mágicos.
Em janeiro, o governo anunciou a proibição da bruxaria para tentar conter o flagelo.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top