PUB

São Vicente

Mortes de Alice e Maria de Chandim: Tribunal de São Vicente absolve Zé Catana

Zé Catana, o homem que chocou Cabo Verde ao revelar que esquartejou um companheiro de quarto e vendeu a sua carne na capital do país, foi absolvido pelo Tribunal Comarca de São Vicente, por falta de prova, da acusação de assassinar Alice Reis e Maria Chandim.
O Ministério Público vai pedir a condenação Zé Catana pelo assassinato de Alice Reis e Maria Chandim, duas mulheres com quem lidava em São Vicente antes de rumar à Cidade da Praia, onde esquartejou e vendeu a carne de José dos Anjos, que o havia acolhido. O julgamento aconteceu no passado 11 de Março e hoje manhã o juiz Antero Tavares absolveu-o por considerar que o MP não apresentou provas suficientes para incriminar o arguido.
Já se previa esse desfecho na medida em que durante o julgamento Zé Catana negou tudo, as provas acusatórias revelaram-se fracas e assim sendo Zé Catana deve voltar à Cadeia Central de São Martinho, na Cidade da Praia, onde cumpre a pena máxima admitida em Cabo Verde, de 25 anos pela morte de José dos Anjos, na ilha de Santiago.
Este último caso trouxe à tona a 13 de Junho de 201. Um crime que chocou Cabo Verde após a Polícia Judiciária revelar que Zé Catana agrediu o companheiro de quarto, José dos Anjos,  Santantão para os mais próximos, com um pau na cabeça, esquartejou-o com uma faca para depois vender a sua carne como nos mercados da Cidade da Praia como se de um animal se tratasse.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top