PUB

Cultura

AME – CV arranca esta segunda-feira

A terceira edição do Atlantic Music Expo – Cabo Verde (AME-CV) arranca segunda-feira na Cidade da Praia, estando prevista a presença de dezenas de artistas e músicos cabo-verdianos e estrangeiros para o maior mercado da música do país.
Durante três dias, além de seminários, conferências, ateliês, formações, palestras e debates, vão subir aos palcos artistas cabo-verdianos como Jeniffer Soledad, Ary Morais, Rapaz 100 Juiz, Elida Almeida, Cremilda Medina, Bob Mascarenhas, Jonh D Brava, Albertino Évora, Bitori, Alberto Koenig, Shokanti e Juary Livramento.
Do estrangeiro chegam a cantora Karyna Gomes (Guiné-Bissau), Pura Fé (Estados Unidos), Kuku (Nigéria), Toques do Caramulo e Olavo Bilac (Portugal), Banda Kakana (Moçambique), Roberto Mendes, Gog, DJ Preto El e Proveta & Penezzi (Brasil), Awadi (Senegal) e DJ Daferwa (México).
A cerimónia de abertura acontece segunda-feira na Assembleia Nacional, com um espetáculo das Batucadeiras da Cidade Velha, de Vasco Martins e da Orquestra Nacional.
O evento é uma produção do Ministério da Cultura, em parceria com a World Music Expo (Womex), a Harmonia e outras entidades cabo-verdianas.
O AME-CV é uma feira mundial da música, em que profissionais de todo o mundo – agentes, produtores, jornalistas, empresários, diretores de salas e de festivais, distribuidores, produtores, fotógrafos, fabricantes de instrumentos, equipamentos e acessórios diversos -, expõem os seus produtos e debatem a sua atividade.
O Atlantic Music Expo tem sido palco de mostras de CD, DVD e ‘flyers’, projetos e para demonstração e venda de instrumentos e equipamentos musicais.
Os previstos encontros diretos entre empresários farão de Cabo Verde uma plataforma mundial de negócios da cultura, com especial atenção para o setor da música no AME-CV, já considerada uma montra da música que se faz no arquipélago.
Na Cidade da Praia, são esperados dezenas de jornalistas representantes de cadeias de televisão, além de outros jornalistas que virão por iniciativa própria e a título pessoal para se juntar aos cabo-verdianos na cobertura do evento.
O certame antecede o Kriol Jazz Festival, também na capital cabo-verdiana, que acontece nos dias 10 e 11 de abril, e organizado pela Câmara Municipal da Praia, para permitir aos delegados a possibilidade de desfrutarem de uma ampla oferta de descobertas musicais.
O KJF junta mais de uma dezena de artistas cabo-verdianos e estrangeiros na capital de Cabo Verde para três noites de muita música crioula, num evento que visa promover o jazz de influência crioula e incentivar o intercâmbio de artistas nacionais e internacionais.
Fonte: Lusa

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top