PUB

Sem categoria

Destaques da edição 398 do Jornal A NAÇÃO

TOLENTINO ENSAIA “DIPLOMACIA COM PRESTAÇÃO DE CONTAS”
O corpo diplomático cabo-verdiano vai passar por uma nova série de mexidas. Os embaixadores Cristina Pereira (Berlim) e José Silva (São Tomé) estão já de volta à casa, pelo que se impõe encontrar quem os substitua. Mas mais do que novas nomeações, a palavra de ordem no MIREX é que ninguém mais vai ou regressa do exterior “sem prestar contas” do trabalho feito.
ESTATUTOS DOS TITULARES DE CARGOS POLÌTICOS: PR COLOCA PARTIDOS NAS MÃOS DO POVO
O Presidente Jorge Carlos  Fonseca é acusado ter trocado o “veto pelo voto”, colocando os partidos políticos à mercê da rua. Diante disso, o PAICV e o MpD adoptaram, também eles, uma postura de tacticismo eleitoral inviabilizando o Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos (ETCP), antes aprovados por unanimidade. E, com isso, a reforma do Parlamento fica, igualmente, adiada para as calendas gregas.
PR JUSTIFICA VETO
Numa comunicação à Nação, o PR justificou o seu veto ao Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos (ETCP), considerando que uma “maioria significativa” de cabo-verdianos, sem partido e de todos os espectros partidários, se insurgiram contra o referido estatuto que lhe foi submetido para promulgação.
NOVO PARTIDO NA FORJA: PP PARA GOVERNO E PARLAMENTO MAGROS
Uma nova força política, denominada Partido Popular de Cabo Verde, cuja sigla é “PP”, já está na estrada a recolher as 500 assinaturas necessárias para se legalizar. Forjado como uma “força política com forte pendor social”, PP lança a ideia de que o país precisa de um Governo e um Parlamento menos dispendiosos, com menos integrantes, para que as poupanças no funcionamento sejam investidas na saúde, educação e outros sectores sociais.
LAMINE TAVARES NÃO DESCARTA CONCORRER À CÂMARA DE SANTA CATARINA
Lamine Tavares, recém-eleito líder do PAICV em Santa Catarina-centro, deixa porta entreaberta para uma eventual candidatura sua à presidência da Câmara Municipal daquele concelho de Santiago, nas eleições autárquicas de 2016.
DESAPARECIMENTO DE LUTCHA: PJ REALIZA ESCAVAÇÕES PARA INVESTIGAR HOMICÍDIO
A Polícia Judiciária (PJ) realizou buscas e escavações na casa em que vivia Maria de Lourdes, conhecida por “Lutcha”, que desapareceu sem deixar rastos a 16 Dezembro de 2013, em São Vicente. Não se encontrou nada que aponte para a tese de homicídio, mas os irmãos ainda acreditam que o sumiço de “Lutcha” nada tem a ver com um suposto quadro depressivo.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top