PUB

Política

Lamine Tavares não descarta concorrer à Câmara de Santa Catarina

Lamine Tavares, recém eleito líder do PAICV em Santa Catarina-centro, deixa porta entreaberta para uma eventual candidatura sua à presidência da Câmara Municipal daquele concelho de Santiago, nas eleições autárquicas de 2016.
Eleito no passado domingo, 12, para liderar o PAICV em Santa Catarina-centro, Lamine Tavares é, a partir de agora, apontado como um dos possíveis candidatos desse partido às autárquicas de 2016.
Ao A NAÇÃO, Lamine Tavares diz preferir por ora não abordar o assunto muito a fundo. Ainda assim lá foi dizendo: “Já conversei com algumas pessoas sobre esta questão, mas disse-lhes que não sou candidato a não ser que aconteça algo de extraordinário até 2016. É claro que quando estamos na política devemos ter o cuidado de não fechar a porta para os desafios, principalmente se existir um apelo forte de militantes”.
Conforme explica, foi precisamente o que acabou também por acontecer com a sua candidatura a primeiro secretário do PAICV em Santa Catarina-centro. “Ela surgiu com base num forte chamamento dos militantes de base do partido. Mas, este apelo para presidência da Câmara Municipal de Santa Catarina (CMSC), para já, não existe. E porque todas as coisas têm também o seu momento certo não posso contudo estar a fechar e nem abrir a porta. Como já tinha dito, não sou candidato à presidência da CMSC, a não ser que aconteça algo de extraordinário”, frisa.
PREPARAR O PARTIDO
Sendo assim, para aquele dirigente tambarina, a sua prioridade agora é organizar o partido na região Santa Catarina-centro, que se encontrava há dois anos sem líder. Ou seja, desde que o conselho do sector do PAICV no concelho foi subdividido em quatro frentes.
“A nossa prioridade é organizar e trazer mais militantes para o partido e fazer com que todos sintam que fazem parte do PAICV. E com os outros três conselhos de sector, com a nova configuração, qualquer estratégia para o partido tem que ser levada avante em três perspectivas: numa primeira fase, a nível de Santa Catarina; depois, a nível de Santiago Norte e, por fim, a nível nacional”.
De referir que Lamine Tavares foi eleito primeiro secretário do conselho do sector PAICV Santa Catarina-centro, no passado domingo, 12. Obteve 96 votos a favor, contra 87 do seu adversário, Joaquim Furtado. Um resultado que, no entender de Lamine, demonstra que as pessoas estavam interessadas para que haja uma liderança forte naquela estrutura do PAICV em Santa Catarina. Ainda por mais, como diz, “porque a disputa foi feita por pessoas certas”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top