PUB

São Vicente

Bombeiros de São Vicente reforçados com mais 28 elementos

Vinte e oito jovens estão prontos para colaborar com a corporação dos Bombeiros Municipais de São Vicente.
Jovens esses que frequentaram o curso do núcleo de bombeiros voluntários, uma formação, com cerca de 107 horas, resultante da parceria entre o Corpo Nacional de Voluntários (CNV) e a Câmara Municipal de São Vicente. Uma experiência piloto a nível nacional que permite agora fortalecer a corporação de bombeiros da ilha de Monte Cara, que há muito reclamava por mais recursos humanos.
“Até este momento trabalhávamos com apenas 19 profissionais, o que não nos permitia dar uma resposta à altura, especialmente no serviço de ambulância que normalmente requer mais do que três elementos e fazíamos com apenas dois bombeiros. Mas agora esse reforço será uma mais-valia, que contribuirá para prestarmos um serviço de qualidade”, salienta o comandante da corporação, Jorge Rodrigues.
O reforço também se verifica  em termos de idade, uma vez que a média de idade dos elementos da corporação rondam os 54-55 anos, idade que beira a reforma. Existe agora a possibilidade de depois serem substituídos por essa nova geração, agora formada, e que promete estar à altura das exigências dessa profissão tão importante na sociedade. Como deixa claro o representante dos formandos, Nivaldo Delgado, que afirma estarem prontos para incorporar o espírito de “soldados da paz” e dar o melhor deles para servir São Vicente.
Para o coordenador da CNV, Emerson Pimentel esses jovens voluntários “vão poder contribuir com o seu esforço e engajamento e sobretudo com essa capacidade técnica”,  que conseguiram apreender nesses 22 dias de capacitação. Assim ajudar no salvamento, na protecção e outras atribuições dos bombeiros municipais. “Queremos fazer do voluntariado uma forma de provocar mudanças na sociedade, mas investindo num voluntariado especializado e de qualidade. Que faça a diferença”, enaltece Emerson Pimentel.
Da parte da Câmara Municipal de São Vicente, essa parceria, conforme o vereador Humberto Lélis,  enquadra-se nas accções da edilidade “para melhorias das condições e do desempenho das forças municipais”. No caso específico dos bombeiros, segundo Lélis, vêem-se reforçados em termos de recursos humanos, mas também de duas ambulâncias doadas nestes dias pela Associação de Bombeiros de Penacova, Portugal. Isto depois das recentes viaturas, um autocarro, uma de combate incêndio e uma ambulância oferecidos pela Câmara de Felgueiras, também em Portugal.
Além da entrega dos certificados, o evento contou ainda com simulações de ocorrências como socorro a sinistrados de acidentes, resgate em prédios e outros situações com que esses recém-formados poderão deparar no seu dia-a-dia.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top