PUB

Sociedade

Caso ‘Casa do Gelo’: Inspectora da IGAE demitida das funções

A inspetora da IGAE (Inspecção Geral das Actividades Económicas), Zoivi Plá, foi demitida das suas funções, por alegado envolvimento com a Casa do Gelo, que foi encerrada em Janeiro deste ano, por suspeita de produzir bebidas adulteradas e comercialização.
De acordo com fonte do A NAÇÃO, a inspectora que esteve suspensa por 90 dias, quando decorriam as investigações, regressou ao trabalho mas depois do processo concluído foi-lhe entregue a carta de demissão no mês de Maio.
Recorde-se que a IGAE havia encerrado a fábrica “Casa do Gelo” no início deste ano, que além de outros produtos, fabricava whisky, vodka, rum, tequila, piña colada, entre outras bebidas alcoólicas de muitas marcas conhecidas, a base de álcool puro para depois dilui-lo com água e “baptizar” com corantes e aromatizantes. Depois foi reaberta mas apenas com a vertente de fabricação de gelo.
Na época que A NAÇÃO divulgou a informação, o gerente António Medina Ruiz, que se encontra fora do país, enviou uma nota de imprensa acusando a IGAE de arbitrariedade, de veicular informações infundadas e falsas e que o nosso on-line estava a colocar em cheque o nome da empresa que opera no país há cinco anos.
Quase um mês apôs a notícia veiculada por A NAÇÃO (Fevereiro), a inspectora foi suspensa das suas funções, por ter sido indicada como uma das responsáveis da empresa, coisa que de acordo com informações, é incompatível com as funções desempenhadas e salvaguardada na lei.
De referir também que Zoivi Plá deu entrada no Tribunal da Comarca da Praia com um processo acusando o jornal A NAÇÃO de ter “sujado o seu bom nome” indicando-lhe num processo “interno daquela instituição” e que deveria estar salvaguardado sob “segredo de justiça”. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top