PUB

Economia

Trinta mil contos para pesca artesanal do Sal e Maio

A Direcção Geral dos Recursos Marinhos (DGRM) assina na tarde desta sexta-feira, na cidade da Praia, uma convenção que estabelece uma linha de crédito no valor de 30 milhões de escudos. Este valor serve para financiar um programa de “livre reconvenção” de pescadores artesanais das ilhas do Sal e do Maio.
Com um total de 23 projectos envolvidos, serão beneficiados cerca de 70 pescadores das referidas ilhas.
A DGRM pretende com este programa reduzir a pressão sobre os recursos costeiros e criar condições para que, futuramente, e num quadro de co-gestão, estejam reestabelecidas as condições naturais, capazes de potencializar uma pesca sustentável.
A linha de crédito surge do projecto PRAO-CV, programa regional de pescas, implementado em Cabo Vede e nos países membros da comissão sub-regional das pescas, da qual este arquipélago é membro.
JN
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top