PUB

Cultura

Festival Badja ku Sol quer colocar cachupa no Guiness Book

A sétima edição do festival de verão “Badja ku Sol”, que acontece nos dias 11 e 12 de Julho com um cartaz 100 por cento (%) de artistas cabo-verdianos, residentes e da diáspora, resolveu inovar e inscrever o nome da cachupa no Guiness Book.
De acordo com Hernídia Tavares, da Cavibel, a ideia é confeccionar a maior panela de cachupa rica que o mundo já viu. “Já tínhamos uma campanha que se chama cachupa e Strela. A ideia é de promover o que é nosso e nós sempre pensámos em inovar a cada edição do Badja ku Sol. Estivemos em contacto com a organização do Guiness Book que aceitou a nossa ideia, a única exigência era de que a cachupa deveria ter dois mil quilogramas”, afirmou Hernídia Tavares.
A cachupa irá ser confeccionada numa parceria entre o Mirage (restaurante) e a Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde. Segundo a organização toda a logística para confeccionar a cachupa será preparado na sexta-feira (10), mas o prato tradicional de Cabo Verde só começará a ser feito na madrugada de domingo e deverá servir “oito mil porções”, disse Hernídia.
Perguntada quanto irá custar esta cachupa que deverá entrar no Guiness Book caso cumprir tudo o que foi pedido, Hernídia Tavares avança que ainda não tem um orçamento fixo, “mas só a panela que está a cargo do Mirage custa mil e 300 contos”.
O festival “Badja ku Sol” vai levar à praia da Gamboa no próximo mês 15 artistas, para actuarem em dois dias. No sábado, 11, sobem ao palco Kino Cabral, Charbel, Ferro Gaita, Mitto Kaskas, Blick Tchitchi e a presença, pela primeira vez na cidade da Praia, do jovem musico Kiddye Bonz. Já no domingo (12) será a vez de Ricky Boy, Djodje, Dynamo, Lejemea, Chachi Carvalho, Zeca di Nha Rinalda juntamente com Zé Mário e acompanhados de Meno Pecha e para fechar Neuza de Pina com “Flor di Bila”.
Este também será um “festival de prémios”. A promotora do evento lança, a partir de agora, uma promoção com um “cartão do consumidor” onde por cada cerveja da marca da empresa consumida, a pessoa preencherá o cupão e terá direito à entrada gratuita e ainda entrará directamente para o sorteio final. “São 10 viagens duplas para as ilhas Canárias, uma oferta da Binter e ainda 90 electrodomésticos”, anunciou ainda Hernídia Tavares.
O dj Bifw, apresentador do festival e cara da Strela, este festival visa juntar em dois dias, duas gerações diferentes. “No dia as pessoas vão dançar não só as músicas dos jovens, mas também da velha geração”, afirmou.
Outra das caras do festival, o produtor Augusto Veiga explicou ainda que além daquilo que já foi anunciado, o evento terá presença de cinco grupos de danças e dj’s nacionais e da diáspora.
O festival “Badja ku Sol” já acontece desde 2008 e nas seis edições anteriores já passaram pelo palco cerca de 100 artistas “100% crioulo”. O bilhete de entrada vai custar 200 escudos. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top