PUB

Economia

“Esperamos que a concorrência ajude a TACV a melhorar o seu desempenho” – Sara Lopes

A ministra das Infra-estruturas, Sara Lopes, espera que, com a chegada da Binter, nova companhia aérea em Cabo Verde, o fluxo de entrada e saída das pessoas entre as ilhas dê um salto qualitativo, melhorando a economia, os negócios, mas principalmente a concorrência.
“Esperamos que a concorrência ajude a TACV a melhorar o seu desempenho, a sua relação com os clientes mas, acima de tudo, esperamos que traga a Cabo Verde aquela referência que tem transportado quando os aviões chegam aos aeroportos internacionais e regionais”, afirmou Sara Lopes esta quarta-feira na inauguração da sede da Binter Cabo Verde, na cidade da Praia.
Para Sara Lopes a concorrência é sempre vantajosa, ainda mais para Cabo Verde onde existem muitos cidadãos que não conseguem viajar por não encontrarem preços atractivos. “Contamos que a Binter venha trazer uma referência de qualidade, demonstrar que é possível, efectivamente, nestas ilhas operar de forma a agradar, que o passageiro se sinta estimulado a viajar”.
A Binter Cabo Verde quer começar a operar entre três ilhas deste arquipélago (São Vicente, Sal e Santiago) no terceiro trimestre do ano corrente, trazendo a mesma ligação que já fazem entre as ilhas Canárias. “Esperamos trazer para Cabo Verde a nossa experiência de mais de 25 anos nos voos inter-ilhas”, disse Pedro Agustín del Castillo, presidente da Binter Canárias. Esta operadora quer também repercutir os trabalhos sociais aos quais se envolvem.
Já para o presidente da Câmara Municipal da Praia, Ulisses Correia e Silva, as concorrências são sempre vantajosas pois que “tráz eficiência para a economia e vantagens para os consumidores, cidadãos e empresas. É neste sentido que entendemos que há aqui um valor acrescentado relativamente à actividade da Binter”.
A Binter conta começar a operar antes do final do ano e aguarda apenas a aprovação da Agência de Aviação Civil (AAC). De acordo com o presidente da AAC, João Monteiro, existe todas as condições para que a transportadora comece a operar já no mês de Outubro. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top