PUB

Sociedade

Binter Cabo Verde vai criar mais de 50 postos de trabalho

Com a entrada da nova transportadora aérea em Cabo Verde, que deverá acontecer antes do final do ano, a Binter vai criar, numa primeira fase, mas de 50 postos de trabalho.
A garantia foi dada pelo presidente da Binter Canárias, Pedro Agustín del Castillo, na inauguração da sede administrativa da Binter Cabo Verde, sito na Achada Grande Frente, Praia.
Os primeiros postos de trabalho serão criados na cidade da Praia, e assim que a empresa for expandindo pode-se também abarcar outras ilhas como São Vicente e Sal.
“Temos a intenção de dividir os nossos conhecimentos e experiência com os profissionais de Cabo Verde; serão mais de 60 os cabo-verdianos que deverão fazer parte da nossa companhia; e, assim, prestar um serviço de transporte aéreo, com os mesmo níveis de qualidade que temos nas Canárias, ajudando, na nossa medida, a impulsionar o desenvolvimento do país”, afirmou Pedro Agustín del Castillo.
A Binter Cabo Verde quer entrar forte no mercado cabo-verdiano e promete concorrência à Transportadora Aérea de Cabo Verde (TACV), única transportadora a funcionar neste momento no país com voos inter ilhas.
Com 25 anos de experiência, ligando as sete ilhas das Canárias, a Binter quer agora trazer esta mesma experiência para Cabo Verde, ligando as ilhas a fim do fluxo entre elas se tornar mais frequente e a um preço acessível.
Por enquanto esta empresa não adianta os preços que irão ser aplicados, assim que começarem a voar para as três ilhas, na primeira fase (São Vicente, Sal e Santiago), mas o Pedro Agustín del Castillo garante um tarifário atractivo e limite daquilo que o mercado permite.
O voo inaugural deve acontecer em Outubro e para o começo a Binter Cabo Verde deverá contar com dois ATR’s (um deles na reserva), mas a curto/médio prazo pretendem trazer pelo menos, mais três como forma de alargar a cobertura para mais ilhas de Cabo Verde.
Com esta entrada para o mercado de transportadoras aéreas em Cabo Verde, esta companhia quer assim colmatar o défice de ligação inter ilhas.
“Esperamos que os cabo-verdianos e as autoridades sentam este grande investimento de vários milhões de euros, e muitas horas de dedicação do nosso povo como um compromisso para o seu desenvolvimento, para confiarem na Binter Cabo Verde e escolhe-la como sua companhia aérea preferida para viajar entre as ilhas”, reforçou assim Castillo.
A Binter chegou a Cabo Verde em 2012, altura que iniciou voos de ligação entre este arquipélago e as ilhas Canárias, com ligações duas vezes por semana.
A empresa destaca a qualidade e a pontualidade como pontos fortes, aliás esta segunda motivo de reconhecimento internacional, colocando-a como a companhia mais pontual do mundo. Os últimos dados apresentados pela FlightView, nos 4.371 voos realizados pela companhia em Maio deste ano, 98,6 por cento (%) chegaram a horas.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top