PUB

Sociedade

Quase 100% de adesão à greve nos Serviços de Registos e Notariado

O primeiro dia da greve de 48 horas dos funcionários dos Serviços de Registos, Notariado, Identificação Civil e Criminal teve uma adesão de 98% em todas as ilhas do país, garantiu esta quarta-feira um responsável sindical.
Segundo o presidente da Associação Sindical dos Trabalhadores dos Serviços dos Registos, Notariado e Identificação Civil e Criminal (ASTRANIC), José Manuel Fernandes, caso o Governo não satisfaça as suas reivindicações, os trabalhadores poderão agendar uma nova greve.
Os funcionários dos Registos, Notariado e Identificação Civil e Criminal reivindicam, entre outros pontos, a manutenção da carreira profissional, resolução das promoções e progressões, publicação da lista de transição do pessoal, grelha salarial, modelo de avaliação, concurso de ingresso para recrutamento de novos oficiais, novos estatutos.
Durante as 48 horas da greve, os trabalhadores dos serviços do Registo e Notariado realizam os serviços mínimos, para certidão de óbito e de registo criminal, com comprovativo de urgência.
Garantindo que os trabalhadores estão sempre abertos ao diálogo com o Ministério da Justiça, José Manuel Fernandes não descartou a hipótese de recorrer aos tribunais para fazer valer os direitos dos trabalhadores.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top