PUB

Sociedade

Ministério tutela da comunicação organiza conferência “Que imprensa escrita para novos tempos”

A cidade da Praia acolhe no início da tarde desta segunda-feira, 24, uma conferência sobre o tema “Que imprensa escrita para novos tempos”, com  a participação de profissionais da área para um debate que acontece num dos hotéis da Praia.
O debate será conduzido Arminda Barros, presidente da Autoridade Reguladora para a Comunicação Social (ARC), Fernando Ortet, Director-geral do Jornal A Nação e moderado pelo assessor de imprensa, Luís de Carvalho.
O ‘Dia Nacional da Imprensa Escrita’ foi institucionalizado este ano pelo Governo de Cabo Verde, “no quadro das comemorações dos 40 anos da Independência Nacional”, assim como outros dias nacionais relativamente à comunicação social. Segundo explicações do Governo, o propósito principal desta institucionalização é “a reflexão sobre o contributo do sector para o desenvolvimento da sociedade e do país, bem como uma oportunidade para perscrutar os caminhos a percorrer com vista a consolidação da comunicação social, enquanto instituição fulcral para a cidadania e a democracia”.
O Governo resolveu instituir assim, 24 de Agosto, como Dia Nacional da Imprensa Escrita, por ser a data em que foi publicado o primeiro número do Boletim Oficial do Governo Ultramarino da região de Cabo Verde e da Guiné (24 de Agosto de 1842).
“Hoje, não se pode ignorar o relevante contributo que a imprensa escrita tem dado para o desenvolvimento do país, promovendo o pluralismo, a difusão da informação credível – base importante para a participação democrática – bem como a sensibilização do público para as causas públicas”.  CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top