PUB

Política

Brasil vai ajudar Cabo Verde a desenvolver sistema de busca e salvamento

O Brasil vai ajudar Cabo Verde a desenvolver o seu sistema nacional de busca e salvamento, alargando a área de cooperação entre os dois governos, afirmaram hoje os ministros da Relações Exteriores dos dois países.
Jorge Tolentino e Mauro Vieira falavam à imprensa na Cidade da Praia após o final da 3.ª reunião do mecanismo de consultas políticas entre os dois países, enquadrada numa visita que o diplomata brasileiro realiza hoje ao arquipélago cabo-verdiano.
Segundo os dois governantes, a nova parceria será importante, tendo em conta a posição estratégica de Cabo Verde no Oceano Atlântico, tendo Mauro Vieira informado que o Brasil vai garantir a formação de um grupo de resgate e salvamento em Cabo Verde.
“É uma iniciativa que não é só do interesse de Governo de Cabo Verde, mas também de todos os Estados ribeirinhos e do Brasil, sobretudo porque tem uma grande frente no Oceano Atlântico”, afirmou Mauro Vieira.
“É algo de uma importância extraordinária para Cabo Verde, um país que está no meio do atlântico e que tem compromissos no domínio da navegação aérea e marítima. Isto é um engajamento extraordinário para Cabo Verde neste momento”, completou Jorge Tolentino.
Os dois governantes sublinharam ainda o reforço da cooperação nas áreas da educação, defesa, energias renováveis, apoio do Brasil para a afirmação de Cabo Verde e o reforço da conetividade aérea e marítima entre os dois países.
Questionado sobre se as recentes manifestações no Brasil terão alguma influência na relação com Cabo Verde e outros países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Mauro Viera afirmou que os protestos são “naturais” em democracia e que o Brasil continuará a manter os seus programas de cooperação com todos os países membros da CPLP.
“Tudo o que estiver ao nosso alcance no sentido de promover o entendimento, o diálogo e trazer uma palavra de apoio do Brasil aos outros países será sempre feito”, garantiu.
Mauro Vieira está hoje em Cabo Verde para uma visita oficial de 24 horas, a convite do seu homólogo cabo-verdiano, Jorge Tolentino, para o reforço das relações de amizade de cooperação entre os dois países.
O ministro brasileiro será recebido ainda hoje em visitas de cortesia separadas pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, pelo Presidente da Assembleia Nacional, Basílio Mosso Ramos, e pelo primeiro-ministro, José Maria Neves.
A passagem de Mauro Vieira por Cabo Verde insere-se num périplo que está a fazer desde sexta-feira por outros países africanos: República Democrática do Congo, Camarões e Senegal.
Fonte: Lusa

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top