PUB

Política

CEDEAO reúne-se em cimeira extraordinária em Dacar para analisar a situação política na Guiné-Bissau

A análise da situação política na Guiné-Bissau vai ser um dos pontos altos da cimeira extraordinária da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) que acontece este sábado, em Dacar, Senegal.
Em nota de imprensa, o Governo indica que o encontro em que Cabo Verde estará representado pelo ministro das Relações Exteriores, Jorge Tolentino, foi convocado pelo Presidente da República do Senegal, Macky Sall, que é também presidente em exercício da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade.
De acordo com a mesma fonte, além da reflexão sobre a situação política na Guiné-Bissau, o encontro será uma oportunidade para os governantes debruçarem-se sobre a situação pré-eleitoral em alguns Estados membros da CEDEAO.
Baciro Djá, nomeado primeiro-ministro da Guiné-Bissau, decidiu esta terça-feira, 08, pôr o cargo à disposição, depois do Supremo Tribunal de Justiça declarar inconstitucional o decreto do Presidente da República que o designou.
O Governo liderado por Baciro Djá, que tinha sido apresentado na segunda-feira, caiu menos de 48 horas depois da posse, quase um mês depois de o Presidente da República, José Mário Vaz, ter destituído Domingos Simões Pereira, líder do PAIGC (Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, principal força política).
O colectivo de juízes declarou a inconstitucionalidade “formal e material” do decreto presidencial de 20 de Agosto que nomeou Djá. A sua decisão põe em causa o Presidente, José Mário Vaz, que a 12 de Agosto demitiu o Governo liderado por Domingos Simões Pereira, que tinha uma larga maioria no Parlamento.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top