PUB

Ambiente

São Nicolau: Empresa fiscalizadora garante qualidade e segurança da estrutura da barragem de Banca Furada

A Empresa Fiscalizadora da Empreitada de Concepção e Construção da Barragem de Banca Furada, na ilha de São Nicolau (A PROSPECTIVA SA) esclareceu hoje que a qualidade e segurança da estrutura estão salvaguardas e sem qualquer sinal de anomalia.
Estas considerações foram feitas em nota de imprensa, após uma inspecção da empresa a São Nicolau, para verificar o porque da infiltração no subsolo de cerca de 4.500 m3 de água na Albufeira da Barragem da Banca Furada, em Fajã, após chuvas de dia 30 de Setembro e do dia 01 de Outubro de 2015.
Segundo a nota de imprensa, os relatos recolhidos e as observações localmente realizadas levaram, numa primeira análise, a considerar a permeabilidade/fraturação da albufeira como factor principal da infiltração da pouca água acumula.
A mesma nota realça que a barragem foi construída segundo o projecto de Engenharia aprovado, e as normas construtivas gerais de Engenharia Civil, o que continuará a ser sempre o elemento fundamental de qualquer acção complementar que venha a ser executada na área da Albufeira.
Desta forma, sublinha o documento, pelas observações da equipa técnica (MDR, LEC e Prospectiva) que esteve no terreno nos dias 14, 15 e 16 do corrente mês, concluiu-se que o volume de água acumulado foi muito pouco, 1,5% do total do Volume da Barragem, tendo em consideração o período da seca que contribui para uma situação de défice de acumulação de água no subsolo.
Perante o problema, a empresa promete que as observações e prospecções geológica-geotécnicas terão continuidade, a fim de se construir uma teoria mais firme sobre a situação, visando soluções para reduzir a possível permeabilidade da albufeira.
Recorde-se que o volume armazenado, de cerca de 7m de altura, equivale a 1,5% do total do volume total da capacidade de armazenamento da Barragem construída que é de cerca de trezentos mil metros cúbicos (300 000 m3).
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top