PUB

Economia

APP aposta em energia fotovoltaica

Águas de Ponta Preta (APP) conectou, semana passada, uma instalação de geração de electricidade solar fotovoltaica ao seu sistema de auto-produção de energia.
Com uma potência de 20 KW, a unidade representa a introdução desta “tecnologia amiga do ambiente” no centro industrial da área técnica da Urbanização de Ponta Preta.
Esta mini-central fotovoltaica está instalada na cobertura do edifício de exploração da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) e compõe-se de 84 painéis de silício policristalino.
Com uma produção anual de 36 MWh, este valor representa 13 por cento (%) da electricidade consumida pela ETAR.
A fotovoltaica poupará cerca de oito toneladas de combustíveis por ano e evitará a emissão de 25 toneladas de dióxido de carbono à atmosfera.
É a segunda maior instalação solar fotovoltaica da Ilha do Sal, depois do parque solar da ELECTRA, em funcionamento desde 2011 e um dos maiores do continente africano.
A APP continua a investir no meio ambiente e pretende incrementar, progressivamente, a sua potência instalada em energias renováveis, tendo em consideração o elevado potencial em sol e vento de Cabo Verde.
Em 2012, a empresa iniciou um ambicioso programa de investimentos em eficiência energética, que, no período de Janeiro a Setembro de 2015, permitiu diminuir o consumo energético em 126 MWh inter-anual.
Ainda em 2012, através do projecto SESAM-ER, coordenado pela APP, entrou em funcionamento a Central Fotovoltaica de Monte Trigo (em Santo Antão), que graças ao recurso solar, converteu-se na primeira localidade do país em ter um serviço eléctrico contínuo, exclusivamente com energias renováveis.
De Fevereiro  de 2012 a esta parte, os 275 habitantes de Monte Trigo já consumiram 116 MWh de energia eléctrica produzida unicamente a partir do sol.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top