PUB

Política

MpD diz ter sondagem que lhe dá maioria absoluta

O MpD diz dispor de dados que lhe garantem uma vitória nas próximas eleições legislativas, com maioria absoluta. O resultado mais expressivo acontecerá em Santiago Sul, sem contar com uma “supremacia clara” sobre o PAICV, em São Vicente. Os ventoinhas podem ganhar pela primeira vez na ilha do Fogo.
Aliás, uma fonte próxima da cúpula do MpD garantiu ao A NAÇÃO que a sondagem que esse partido encomendou em pouco difere daquela divulgada, na semana passada, pelo jornal A Voz.
Ressalva
Segundo a mesma sondagem do MpD, cujos dados nos foram facultados à conta gotas, sem ficha técnica e outros elementos de valoração, daí as reservas que os mesmos nos merecem, se as eleições legislativas fossem hoje, o MpD ganharia com a maioria absoluta, com uma vantagem 5% sobre o PAICV.
Número de deputados
O MpD elegeria 38 deputados, o PAICV 31 e a UCID elevava o seu score para três deputados.
Segundo a mesmo estudo, realizado pela Pitagórica, empresa portuguesa de investigação e estudo de mercado, a maior vitória do MpD seria em Santiago Sul, onde os ventoinhas elegeriam 11 deputados contra oito do PAICV. Chegou-se a falar da “transferência” de um deputado de Santiago Sul para Santo Antão, mas, segundo a nossa fonte, tal intenção não se efectivou.
Em São Vicente, onde o PAICV mostra alguma dificuldade interna, o MpD deverá capitalizar essa fragilidade para eleger cinco deputados. Com três deputados a UCID empataria com os tambarinas nessa importante região política, sem eleger mais ninguém no restante território nacional.
Em Santiago Norte, o estudo indica uma divisão de deputados: sete para o MpD e sete para o PAICV. Mas, no Fogo, os ventoinhas dizem que poderão eleger três deputados contra dois do PAICV.
Em Santo Antão, o MpD perde, mas manterá os três deputados, à semelhança do PAICV.
No Sal tudo ficará na mesma, com o MpD a conservar os dois lugares conquistados nesta oitava legislatura, ficando o PAICV com o outro deputado.
Nos restantes círculos eleitorais, com dois deputados, inclusive na diáspora, o estudo da Pitagórica aponta para uma divisão de mandatos.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top