PUB

Sociedade

Perla Negra: Xand Badiu com maior pena, 16 anos

Alexandre “Xand badiu” Borges, único cabo-verdiano, leva a maior pena, 16 anos, na sentença proferida nesta sexta-feira, pelo Tribunal de São Vicente.
Os restantes arguidos do caso Perla Negra, Ariel Benitez (cubano) Juan Bustus e Carlos Ortega, José Villlonga (espanhóis) e Patrick Komarow (sueco) foram condenados a pena única de 15 anos, cada um deles.
Conforme o juiz Antero Tavares deu-se como provado os crimes a que estavam a ser julgados entre estes tráfico de droga agravado, associação criminosa e lavagens de capitais. E no caso específico de Villalonga e Xand Badiu foram condenados ainda ao crime de porte de armas.
Quanto ao pedido de nulidade do processo que os advogados de defesa vinham requerendo por a acusação não estar traduzida na língua que dominam os arguidos estrangeiros, espanhol e inglês. Antero Tavares considerou que a falta de tradução não pôs em causa o direito de defesa, já que durante o todo o julgamento, o juiz expôs os autos aos réus, através de interpretes e os mesmos declararam ficar cientes.
Os bens confiscados pelo Ministério Público também foram declarados a favor do Estado de Cabo Verde e as empresas, pertencentes aos arguidos, que estavam a ser julgadas foram condenadas a pagamentos de multas. Para Antero Tavares, essas empresas foram utilizadas para “escamotear” a real origem ilícita do dinheiro.
De referir que o caso Perla Negra foi espoletado a 5 de novembro de 2014, quando Ariel Benitez, Patrick Komarow e Xand Badiu foram detidos na zona de Lameirão, São Vicente, na posse de 521 quilos de droga no total. Ariel Benitez e Patrick que estavam juntos no mesmo carro traziam as drogas em três bolsas de viagens. xand Badiu que conduzia um Hiace, era quem tinha na sua posse a maior parte do estupefaciente, 400 quilos, divididos em 16 bolsas, também de viagens. O julgamento do caso começou a ser feita a 15 de Outubro último.
LN

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top