PUB

Sociedade

Festas de passagem de ano na Praia com preços elevados

Já diz o povo que para festa há sempre dinheiro e, ao que parece, a tradição deve-se manter na capital, com as principais festas que costumam atrair uma grande franja da chamada classe média-alta da capital, a prometerem uma virada de ano cheia de muita sabura e música.
Aliás, ao que tudo indica, as grandes propostas de reivellon, fora das ofertas tradicionais de jantar nos hotéis, irão se concentrar na orla marítima da zona de Quebra Canela. Só nessa área estão previstas, pelo menos, confirmadas até agora, três festas distintas, cada uma com a sua música, o que faz antever uma mistura de sons e ritmos, a “bombarem” ao mesmo tempo, em áreas muito próximas.
O novo espaço da esplanada Quebra Cabana vai acolher uma festa de passagem de ano, com custo de seis mil escudos, por pessoa, válido para dia 31 e 1. Também, nessa zona, o espaço AQVA propõe virada de fim de ano por seis mil escudos, mas válido para três dias (31,1 e 2).
A juntar a estas duas festas, ao contrário dos anos anteriores, a Câmara Municipal da Praia resolveu deslocar a festa gratuita de fim de ano da Gamboa, também para o novo espaço de Quebra Canela inaugurado no passado domingo, 20. Gil Semedo e Jorge Neto encabeçam um cartaz de vários artistas. Isto faz antever uma grande afluência de gente nesta zona baixa da cidade, o que deverá trazer grandes exigências ao nível do estacionamento e segurança.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top