PUB

Mundo

Migrações: Paris e Londres assinam Tratado esta quinta-feira

França e Reino Unido assinam, esta quinta-feira, 18, durante uma cimeira bilateral em Sandhurst, no Sul de Londres (Inglaterra), um novo Tratado que ambiciona melhorar a gestão das questões migratórias que unem os dois países.

Segundo o Eliseu (Sede da Presidência francesa), o Presidente francês, Emmanuel Macron, e a primeira-ministra britânica, Theresa May, vão assinar um “novo Tratado que vai completar os acordos de Touquet”, em vigor desde 2004 e que fixam a fronteira britânica em Calais.

O acordo de 2004 permite às autoridades britânicas controlarem a fronteira em parceria com os franceses.

Este protocolo com mais de uma década não conseguiu, no entanto, conter o fluxo de migrantes em Calais, porto no Norte de França, localizado em frente à costa inglesa, ou o número crescente de migrantes indocumentados que tentam atravessar o Canal da Mancha e chegar ao território britânico.

Perto de oito mil pessoas chegaram a viver num acampamento de migrantes em Calais que ficou conhecido como a “Selva”. Este acampamento seria desmantelado em finais de 2016, mas a situação no terreno não foi totalmente resolvida.

Segundo as autoridades locais, entre 350 e 500 migrantes ainda permanecem no porto de Calais e tentam a atravessar o Canal da Mancha, com recurso a todos os meios possíveis.

As condições em que vivem estes migrantes, frequentemente descritas como desumanas, são consideradas como uma “pedra no sapato” do Presidente Macron, especialmente quando o Chefe de Estado francês pretende apresentar uma nova política de migração.

Várias vozes em França têm denunciado o facto de Paris suportar as consequências de um problema migratório, que diz respeito, principalmente, ao Reino Unido.

Esta cimeira bilateral, encarada como uma oportunidade para mostrar o futuro do relacionamento franco-britânico, após o “Brexit” (saída do Reino Unido da União Europeia), vai abordar, também, a cooperação nas áreas da defesa e dos serviços de informação, e um possível empréstimo ao Reino Unido da famosa Tapeçaria de Bayeux (bordada no século XI e que relata a conquista da Inglaterra pelos normandos), exposta, actualmente, na cidade com o mesmo nome, na região da Normandia (Norte de França).

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top