PUB

Mundo

EUA condenam prisão de 29 iranianas que recusaram o véu islâmico

Os Estados Unidos da América (EUA) condenam a prisão pelas autoridades iranianas de 29 mulheres que se manifestavam em Teerão contra a imposição de usar em público o véu islâmico, em vigor desde a revolução de 1979.
“Os Estados Unidos apoiam os iranianos que protestam contra a imposição de que as mulheres usem o véu islâmico. Condenamos as alegadas detenções de pelo menos 29 pessoas por exercerem os seus direitos humanos e liberdades fundamentais, lutando contra o véu obrigatório”, disse em Washington a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.
A porta-voz divulgou uma nota onde reafirma que “as pessoas devem ser livres para escolher a roupa que usam e para praticar a sua fé como o desejam”. Nauert acrescenta que “privar os indivíduos de fazer esta escolha diminui a sua autonomia e dignidade”.
Na sexta-feira, a Polícia iraniana prendeu 29 mulheres que protestavam em Teerão, de cabeça destapada, contra a imposição de usar em público o véu islâmico, em vigor desde a revolução de 1979.
A lei em vigor desde a revolução islâmica de 1979 impõe às mulheres o uso do véu e de vestidos que escondam as formas do corpo.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top