PUB

São Vicente

Corpo de Anildo “Cubilas” Reis será transladado para Cabo Verde

O corpo do activista e antigo desportista, Anildo Reis, será transladado para a ilha de São Vicente, onde serão realizadas as exéquias. Cubilas, como era conhecido, faleceu na passada terça-feira (13), na Holanda, vítima de uma infecção pulmonar.

O corpo de Cubilas vai ser transladado para a ilha de São Vicente, segundo informações apuradas por este online, junto de familiares do malogrado. Entretanto, ainda não se sabe quando é que a transladação e o funeral vão ser feitas.

A notícia da morte de Cubilas chegou na tarde da terça-feira, em pleno desfile do Carnaval. O activista e membro do núcleo do Movimento Sokols estava de férias em Rotterdam, mas não resistiu a uma infecção pulmonar.

Cubilas foi uma grande figura do futebol na ilha de São Vicente. Deu os primeiros toques na bola, com 13 anos ao serviço do Amarante. Com 16 anos já era titular na selecção de futebol da ilha. Sagrou-se campeão regional e nacional pelo Mindelense, a partir dos seu 18 anos. Os filhos Ivan Reis e Revin Lima, seguiram os passos do pai no futebol. O primeiro representa o Sporting Ideal em Portugal, enquanto que o segundo vai-se destacando ao serviço do Derby em São Vicente.

Cubilas foi o fundador da empresa Super Som, a primeira especializada na área de sonorização e palco em São Vicente. Em 2017 esta empresa completou 33 anos, uma data que não passou em branco, tendo sido assinalada com uma série de actividades culturais e desportivas na zona de Bela Vista.

Aos familiares e amigos de Anildo “Cubilas” Reis, o jornal A NAÇÃO endereça as suas mais sentidas condolências.

 

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top