PUB

Mundo

Moçambique: Participação-conjunta com Portugal em missões humanitárias e de paz em estudo

 
Portugal e Moçambique vão estudar, na próxima semana, a participação-conjunta das Forças Armadas dos dois países em missões humanitárias e de paz, no âmbito de um novo acordo de cooperação que será assinado na próxima semana, em Maputo.
O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, desloca-se a Moçambique entre os dias 19 e 23 de Fevereiro, visita durante a qual assinará, com o homólogo moçambicano, major-general na reserva Atanásio Salvador Mtumuke, o programa-quadro de cooperação no domínio da Defesa.
Este acordo vai vigorar até 2021 e vai além da tradicional cooperação técnico-militar prevista nos sucessivos acordos bilaterais assinados desde 1988 com Moçambique, estabelecendo cinco projectos de desenvolvimento.
O apoio à estrutura da Defesa de Moçambique, o intercâmbio de militares entre os dois países para formação e ensino e a criação de condições para a participação conjunta das Forças Armadas portuguesas em missões humanitárias e de paz estão previstos no acordo de cooperação.
Em particular, prevê-se o apoio prestado por 19 militares portugueses (14 em Maputo e cinco em Nampula) à estrutura superior de Defesa e das Forças Armadas de Moçambique, bem como à Marinha, Força Aérea, Academia Militar e ainda ao Instituto Superior de Estudos de Defesa (Isedef) moçambicano.
Durante a deslocação, o ministro da Defesa português entregará dez lanchas à Marinha de Guerra de Moçambique.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top