PUB

Mundo

Moçambique: Governo recomenda fecho da lixeira de Hulene

O Governo moçambicano recomendou ao Conselho Municipal de Maputo – a Capital daquele país lusófono do Oceano Índico -, que encerre o quanto antes a lixeira de Hulene, onde, na segunda-feira, 19, morreram 16 pessoas, vítimas de um
desabamento.
“O Conselho de Ministros recomenda ao Conselho Municipal da Cidade de Maputo, que agilize a transferência das populações vizinhas para zonas seguras, bem como o processo de encerramento da lixeira”, anunciou em comunicado, citado pela Lusa.
A chuva forte provocou o desabamento de uma parte da maior lixeira, com a altura de um edifício de três andares, que durante a madrugada se abateu sobre habitações precárias, soterrando os moradores.
O acidente ocorrido é o mais grave da actual época de chuvas em Moçambique.
O total de pessoas afectadas pelas intempéries, desde Novembro, subiu para 130 mil, em todo o país, de acordo com informação prestada pelo Conselho de Ministros.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top