PUB

Cultura

Adryella Fortes seleccionada para participar no programa de Residência Artística em Portugal

Adryella Fortes é a artista cabo-verdiana, que vai participar na edição de 2019 da Residência Artística em Dança, na cidade de Lisboa, em Portugal.

A residência acontece de 1 a 30 de novembro e é uma iniciativa que foi criada ao abrigo do protocolo de cooperação celebrado entre a Câmara Municipal de Lisboa (CML) e o Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, IP).

O programa destina-se a coreógrafos e/ou bailarinos de nacionalidade cabo-verdiana em início de carreira, com residência oficial em Cabo Verde ou que se encontrem a viver, estudar e/ou trabalhar no país e que pretendam desenvolver um projeto de criação artística na área da dança, “coerente com o seu percurso artístico e pertinente na proposta de relação com a cidade de Lisboa, em Portugal”.

Segundo o Instituto Camões, o júri constituído por João Fiadeiro (especialista na área da Dança, convidado), Anick Bilreiro (CML) e Maria João Pinto Correia (Camões, IP) decidiu por unanimidade selecionar a proposta de Adryella Fortes, para, em contexto fundamentalmente formativo junto de algumas entidades culturais da área da dança, adquirir mais conhecimentos e ferramentas que contribuam para o seu crescimento e formação enquanto artista.

O júri valorizou o impacto e benefícios “expectáveis” que novas aprendizagens e experiências proporcionadas pela residência poderão refletir, de forma determinante, na atividade artística da candidata.

Adryella Fortes nasceu 1997 em São Vicente, onde frequentou a escola de dança tradicional cabo-verdiana ‘’Sorriso da criança’’. Em 2017 pertenceu ao grupo tradicional cabo-verdiano ‘’Fidjus di tera’’ e em 2018 participou numa formação de dança contemporânea no grupo
‘’Raíz de polon’’, em Santiago, na cidade da Praia.

 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top