PUB

Cultura

Emigração no feminino – o caso italiano é tema de livro

Clara Silva e Maria de Lourdes Jesus lançam no próximo domingo, 3 de Novembro, em Roma, o livro “Capo Verdiane D’Italia — Storie di Vita e d’Inclusione al femminile”. Clara Silva é professora e Maria Lourdes de Jesus é jornalista, ambas emigrantes há vários naquele país europeu.
Escrito em italiano, o livro pretende ser um retrato da vida das mulheres cabo-verdianas em Itália, uma emigração que começou nos anos sessenta do século passado. E resulta de uma longa pesquisa efectuada entre 2016 e 2018, com base em entrevistas, junto de 55 cabo-verdianas de primeira e segunda gerações residentes em Itália.

Para as autoras, Clara Silva e Maria de Lourdes Jesus, “Capo Verdiane D’Italia — Storie di Vita e d’Inclusione al femminile” pretende ser um contributo para um maior e melhor conhecimento dos processos de inclusão social e cultural da comunidade cabo-verdiana naquele país europeu de acolhimento. O livro é virado, também, para os filhos dessa emigração, dado que apresenta a história e a cultura do país da proveniência dos pais, bem como a respectiva trajectória das entrevistadas.

Com a chancela da FrancoAngeli, a apresentação e o lançamento de “Capo Verdiane D’Italia — Storie di Vita e d’Inclusione al femminile” serão na sala CGIL (via Buonarroti, 12, Piazza Vittorio), em Roma.

“Morabeza-festa do livro” chega à ilha do Fogo

A “Morabeza-festa do livro”, que arrancou na sexta-feira passada, 25, na cidade da Praia, estende-se, a partir desta quinta-feira, à ilha do Fogo, com actividades em Chã das Caldeiras, Santa Catarina, São Filipe e Mosteiros.

Na ilha do Fogo, a sessão de abertura aconteceu nesta quinta-feira, 1 de Novembro, na Casa das Bandeiras, em São Filipe, estando programado um debate sobre “Tradição oral” com Fausto do Rosário e Margarida Fontes.

Promovida pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC), na Praia, a feira contou com a presença de José Ramos Horta, ex-presidente do Timor-Leste e Prémio Nobel da Paz.

Ainda na capital, a feira foi palco, esta semana, para a apresentação do livro «Sonhos & Desvarios», de Fátima Bettencourt, na Biblioteca Nacional, e “Pintura de Mural” na Escola de Achada Grande Trás, com o ilustrador português Paulo Galindro.

De realçar que a segunda edição do “Morabeza-Festa do livro”, no ano passado, aconteceu em São Vicente.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top