PUB

Santiago

São Miguel: “Jesus” resgatado do mar por jovens

Jesus Alberto, residente em Ponta Verde, São Miguel, foi resgatado do mar pelos vizinhos, depois de ter sido levado pelas ondas enquanto lavava as tripas do porco que tinha acabado de abater.

Enquanto tratava das tripas, juntamente com um companheiro. Devido ao estado agitado do mar, Alberto foi surpreendido pela força das águas, tendo caído ao mar. Por sorte, uma vizinha que estava por perto escutou o seu socorro e pediu ajuda. O incidente aconteceu por volta das 14h, deste domingo, 7.

Logo no momento, os jovens da localidade se mobilizaram e entraram no mar revolto para tentar socorrê-lo. Cinco jovens, mesmo sem dispor de meios, tentaram assim resgatá-lo, mas, devido às condições do mar, dois acabaram por desistir tendo os outros conseguido alcançá-lo.

A proteção civil e a polícia foram chamadas ao local. Segundo os presentes, devido à condição do mar e à falta de materiais que estes não dispunham, não puderam ser de grande ajuda. O homem acabou mesmo por ser resgatado pelos jovens que se lançaram ao mar.

Alguns presentes ainda reclamaram da demora na chegada da polícia, mas estes justificaram o atraso dizendo que foram buscar alguém que tinha um bote para ajudar a socorrer o náufrago. É que segundo consta, hoje os pescadores de Calheta estavam num passeio, de forma que foi difícil conseguir contatar um que não estivesse no convívio, pese embora haja recomendações sanitárias para evitar convívios e aglomerações.

De acordo com pessoas que assistiram ao ocorrido, o resgate de Alberto levou mais de uma hora. Alberto foi encaminhado ao Centro de Saúde Calheta e se encontra fora de perigo.

Os cidadãos que foram pegos de surpresa, afirmam que este caso serve para provar que o município e a proteção civil precisam de mais e melhores condições para poder prestar assistência em casos do tipo.

“ Por sorte Jesus sabia nadar e os nossos jovens não tiveram medo de enfrentar o mar para ajudá-lo” disse uma testemunha ocular ao A NAÇÃO, que questiona o que teria acontecido se a própria população não tivesse SE mobilizado para prestar o resgate.

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top