PUB

Covid-19

Até ao final do ano: Cabo Verde vacina mais de 70 por cento da população

As primeiras 24 mil doses da vacina Astrazeneca já se encontram na Cidade da Praia, desde esta madrugada. A Campanha de Vacinação começa na próxima sexta-feira, 19, com o  Governo a prever inocular, até ao final do ano, mais de 70 por cento da população de Cabo Verde.

A meta foi anunciada pelo Chefe do Executivo do Arquipélago, Ulisses Correia e Silva,  nesta madrugada, durante a recepção do primeiro lote de vacina contra a Covid-19, no âmbito do Sistema Covax.

“Chegaram 24mil doses. Estão para chegar mais cinco mil 850 da Pfizer, no dia 15, e, depois, há mais de 80 mil da Astrazeneca. Nós estamos fortemente empenhados para, até ao final do ano, conseguirmos vacinar mais de 70 por cento da população, o que garante a imunidade de grupo”, declarou o Primeiro-Ministro (PM), esta madrugada, 12, no Aeroporto Internacional “Nelson Mandela”, na Praia, citado pela Rádio de Cabo Verde.

As vacinas que Cabo Verde recebeu resultam do Consórcio liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), denominado COVAX, com vista a garantir a disponibilização de vacinas a países com menos posses.

Dúvidas

As dúvidas em torno da eficácia da vacina da Astrazeneca, que já foi recusada em, pelo menos, nove países europeus persistem, mas o PM aponta que o País está a seguir as normas da OMS (OrganizaçãoMundial da Saúde).
“Não há evidências ciêntificas de que há uma relação entre a trombose e a aplicação da vacina. Portanto, nós estamos a seguir aquilo que são as normas gerais recomendadas pela OMS e não há nenhuma contra-indicação ao uso da vacina Astrazeneca”, justifica o PM.

A Campanha da Vacinação contra a COVID-19 começa, em todo o Território Nacional, no próximo dia 19. A distribuição da vacina entre as ilhas vai ser garantida por avião, conforme avança o Chefe do Governo.

“Temos uma colaboração os Estados Unidos da América, que disponibiliza um avião que tem estado a operar na Ilha de São Vicente, com a Guarda Costeira, para garantirmos uma distribuição segura e a qualidade e manutenção das vacinas”, revela Correia e Silva.

Conforme o Plano Nacional de Introdução e Vacinação Contra a Covid-19, são priorizados, na primeira fase, profissionais de Saúde, pessoas com doenças crónicas (hipertensão arterial, diabetes), população com e mais de 60 anos), profissionais hoteleiros e ligados ao Turismo, profissionais dos pontos de entrada (aeroportos e portos internacionais), professores e pessoal de apoio nas escolas, Polícia Nacional, Forças Armadas e Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros.

Numa primeira vaga, segundo o PM, serão vacinados todos os profissionais de Saúde, com o objectivo de manter e proteger a força de trabalho e serviços essenciais de Saúde.
Cabo Verde contabilizava – até quinta-feira, 11 -, 488 casos activos, 15 mil 236 casos recuperados, 155 óbitos – sendo cinco mortes por outras causas -, e oito transferidos, perfazendo um total de 15 mil 892 casos positivos acumulados.

C/RCV

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top